Já ouviu falar sobre piscina que imita praia? Ou sobre “piscinas de areia“? Pra quem não gosta muito da água salgada, mas curte um sol quente na beira do mar, existe um revestimento monolítico para piscinas que reproduz o aspecto da areia natural compactada e proporciona uma praia particular em sua área de lazer.

Trata-se de uma tecnologia que é utilizada há mais de 20 anos nos EUA e Europa. Mais recente no Brasil, a ideia deu tão certo que foi adotada por residências de alto padrão e até mesmo nas mansões de diversas celebridades no Brasil. Além disso, projetos assim já encenam o ambiente de diversos realities shows na TV, além de figurar como tema no “Piscinas Incríveis”, programa do canal Animal Planet, da Discovery.

Esse tipo de revestimento para piscina que imita praia tem, em sua composição, a areia como principal material. No entanto, embora as denominações de “piscina de areia”, “piscina que imita praia”, “piscina cristal”, entre outras, façam parecer simples de se fazer em casa, na verdade não é bem assim. Isso porque é preciso ter controle técnico na fabricação do produto final, que trata-se de uma argamassa de revestimento que utiliza tecnologia à base de aditivos fixadores, além de necessitar de mão de obra realmente especializada para aplicação. Ou seja, trata-se de um produto que é produzido com tecnologia e recursos industriais, não um simples “faça você mesmo”.

piscina-que-imita-praia

Revestimento monolítico com areia compactada, a piscina adquire aspectos e conforto que se assemelham ao ambiente de praia

QUE TIPO DE PRODUTO É ESSE?

Para executar o revestimento de uma piscina que imita praia, é preciso utilizar o produto certo e mão de obra qualificada.

Para a parte interna da piscina, o produto é uma argamassa formulada a partir de areias especiais (que podem ser coloridas em tons de areia, azuis, verdes, brancas, entre outras) e aditivos cimentícios que oferecem fixação e proteção para que o produto permaneça submerso e ancorado.

Para a parte externa da piscina, o produto é uma argamassa formulada a partir de areias especiais (que podem ser coloridas em tons de areias de diversos locais do mundo) e aditivos resinados, que oferecem maior ancoragem, facilidade de limpeza e proteção para a parte da piscina e deck que ficarão expostos, não submersos.

Mas além desta determinação, para chegar ao resultado final, é necessária uma seleção especial da areia, dosagens específicas, equipamentos avançados para o preparo, entre outras soluções típicas de fábrica. Produtos assim já são comercializados a 20 anos no mercado exterior, chamados de “pool finish”.

No Brasil, começou a ser utilizado a cerca de cinco anos, sempre dependendo de empresas que importassem o material. A única marca que produz a mesma tecnologia aqui é a Revest Pool, da Argapon — empresa especializada em argamassas e produtos para impermeabilização.

COMO É FEITA UMA PISCINA PRAIA?

A base de uma piscina que imita praia não difere muito das tradicionais, sendo feita a partir de concreto armado (já existem testes em piscinas de fibras e vinil, em desenvolvimento), impermeabilização, proteção mecânica da impermeabilização e aplicação do revestimento monolítico (substituindo pastilhas e pedras).

Além de possuir uma estética elegante, a aplicação de revestimento à base de areia no acabamento de piscinas proporciona versatilidade ao projeto. Como se trata de um material monolítico (sem a necessidade de rejuntes) e facilmente moldável, é possível criar piscinas de formatos variados e ambientações com pedras e cascatas, simulando também lagos.

É ideal, ainda, que a piscina tenha um declínio suave junto ao revestimento para imitar uma praia, excluindo assim a necessidade de escadas e tornando-a mais segura, acessível e confortável para idosos e crianças.

areia-compactada-para-piscina

A argamassa à base de areia utilizada para revestir piscinas deve ser feita com qualidade e aplicada com mão de obra especializada

VANTAGENS DE UMA PISCINA QUE IMITA PRAIA

O diferencial mais importante deste novo tipo de revestimento para piscinas no Brasil é oferecer um nível de sofisticação de projeto e conforto ao usuário muito maiores que piscinas com revestimentos de pedras, pastilhas e azulejos.

Além disso, o material tem baixa variação térmica (“não queima os pés”), é antiderrapante (mais seguro) e muito mais natural e agradável ao toque. Ou seja, este tipo de material garante conforto e segurança aos usuários e durabilidade ao projeto, além de trazer o visual praieiro para piscinas residenciais, de hotéis, resorts e outros, tornando o ambiente muito mais atrativo e luxuoso.

A A2técnica é representante do produto Revest Pool, revestimento monolítico cimentício ou resinado para piscinas. Caso você tenha um projeto de piscina que busque simular a aparência de uma praia com conforto e qualidade, entre agora em contato conosco por aqui.