Um dos maiores problemas dos revestimentos cerâmicos de baixo custo é a mancha d’água. Estes revestimentos tendem a ter maior absorção de água, mesmo dentro das normas, já que passam menos tempo “queimando” no forno, afim de reduzir custos e aumentar produtividade.

Absorção de água dos revestimentos e alteração da cor superficial

Qualquer revestimento cerâmico, independente do processo de produção, via seca (“massa vermelha”), via úmida atomizada (“massa clara”), até mesmo porcelanatos, têm absorção de água e ela é necessária, por exemplo, para assegurar a ancoragem durante o assentamento. No entanto, cerâmicas de maior absorção podem permitir que a umidade chegue até à superfície, atingindo o esmalte e alterando sua coloração permanentemente.

O que é engobe impermeável?

O engobe é, de forma simplificada, a camada que permite a aderência entre a base do revestimento e o esmalte. Há alguns anos, a Cerâmica Incefra investiu em pesquisas e desenvolveu o engobe impermeável, uma proteção que evita que a água absorvida pela base do revestimento chegue até o esmalte, simples assim, mantendo a tonalidade original da peça. Na prática, o revestimento absorve água e seca constantemente, normal para o uso, sem que a cor do azulejo ou piso mudem.

Este processo encarece em centavos o custo por m² do revestimento, por isso ainda se fabricam revestimentos sem proteção, existem construtoras e consumidores que compram estes produtos sem proteção, o mais barato do barato. Porém, felizmente, o mercado está mudando e existe uma preocupação cada vez maior com qualidade técnica.

Nossos revestimentos da Linha Técnica Incefra são os mais vendidos para construtoras e possuem engobe 100% impermeável. Uma tecnologia que faz toda a diferença para manter o aspecto ideal da sua obra e evitar contratempos.

Saiba mais sobre a Linha Técnica Incefra e outros produtos em nosso site.